Psicologia 

soviética

Acervo de estudos soviéticos sobre o psiquismo humano — 000 documentos

Luria A. R. (1930/1960) A natureza dos conflitos humanos. Investigação objetiva da desorganização do comportamento do ser humano”

Em inglês

431 p. 

Referência completa:

Luria, A. R. (1930/1960) The nature of human conflicts. An objective study of disorganisation and control of human behavior. ……….. : …………… . 432 p.

PRINCIPAIS CONTEÚDOS



INTRODUÇÃO


Capítulo I.  

Problemas de desorganização do comportamento.

  • 1. Problemas de desorganização.
  • 2. O caminho da investigação.


PARTE UM. 

PSICOFISIOLOGIA DOS PROCESSOS AFETIVOS.


Capítulo II. 

A investigação do afeto em massa [ver]

  • 1. O problema da investigação neurodinâmica do afeto.
  • 2. O afeto do exame [ver]: situação e material


A. Experimentos com a situação de “purgação”.

  • 1. Material e experimentos.
  • 2. Sintomas do afeto difuso.
  • 3. Focos afetivos concentrados.
  • 4. Dinâmica dos processos afetivos.


B. Experimentos com a situação do exame escolar.

  • 1. Material e experimentos.
  • 2. Sintomas neurodinâmicos de afeto difuso e concentrado.
  • 3. Dados tipológicos.


Capítulo III. 

A investigação do afeto em criminosos.

  • 1. Problemas e material.
  • 2. Afeto efetivo em criminosos.
  • 3. O diagnóstico de traços afetivos em criminosos.
  • 4. Experimentos negativos.
  • 5. A dinâmica dos processos afetivos em criminosos.
  • 6. O complexo afetivo e a estratégia da personalidade.


Capítulo IV.

A investigação de complexos produzidos durante hipnose por sugestão.

  • 1. Problemas e material.
  • 2. Sintomatologia dos complexos sugestionados.
  • 3. Neuro dinâmica de um afeto “shifted” [ver] e consciente.
  • 4. A reação da personalidade: o complexo e o trauma.


Capítulo V.

Algumas características e mecanismos gerais dos processos afetivos.

  • 1. Os problemas dos sintomas afetivos.
  • 2. As condições de manifestação dos sintomas afetivos e o problema dos sistemas de expressão.
  • 3. Psicofisiologia dos sintomas afetivos.
  • 4. A lei da mobilização das massas inadequadas de excitação.
  • 5. O problema da reciprocidade dos sistemas expressivos.
  • 6. A dinâmica dos sintomas afetivos.


PARTE DOIS. 

PSICOFISIOLOGIA DOS PROCESSOS CONFLITIVOS.


Capítulo VI. Experimentos com conflitos artificiais.


  • 1. Conflito e desorganização do comportamento.
  • 2. Experimentos com o conflito do “setting” [ver]
  • a. Tentativas preliminares.
  • b. Experimentos com o os conflitos do “setting” da linguagem.
  • 3. Experimentos com o conflito da “defecção” [ver]
  • a. Experimentos com associações imitadas.
  • b. Experimentos com a exaustão da cadeia de séries associativas.
  • 4. Processos conflitantes e sintomas afetivos.


Capítulo VII. Experimentos com neuroses artificiais.

  • 1. O problema do conflito experimental estável.
  • 2. Experimentos com tensões ou compulsões artificiais.
  • 3. Experimentos com compulsões inibidas.


Capítulo VIII. A estrutura dos processos conflitos.

  • 1. A estrutura dos conflitos e a mecanização do comportamento desorganizado.
  • 2. Experimentos com conflitos da afasia.
  • 3. Experimentos com o deslocamento dos conflitos em dificuldades da fala.
  • 4. Estrutura dos processos conflitos e o problema do tipo neurodinâmico.


Capítulo IX. A análise dinâmica do processo conflitivo.

  • 1. O problema da análise estratificada do processo conflitivo.
  • 2. Experimentos com a origem espontânea dos conflitos.
  • 3. Conflitos experimentais.
  • 4. Significância tipológica da análise estratificada.


PARTE TRÊS. A GÊNESE DOS PROCESSOS REATIVOS E A PSICOFISIOLOGIA DO CONTROLE DO COMPORTAMENTO.


Capítulo X. Desenvolvimento do processo reativo.

  • 1. Problemas.
  • 2. Experimentos com reações rítmicas.
  • 3. Experimentos com reações simples a um sinal.
  • 4. Experimentos com movimentos atrasados.
  • 5. Experimentos com reações de escolha.
  • 6. As peculiaridades psicológicas conectadas com a estrutura difusa da neurodinâmica infantil.
  • 7. Problemas de tipo e idade neurodinâmicos.


Capítulo XI. Natureza da barreira funcional.

  • 1. Problemas da barreira funcional.
  • 2. A estrutura dos processos reativos nas neuroses funcionais.
  • 3. A estrutura dos processos reativos no decréscimo orgânico da regulação cortical: experimentos com casos de retardo mental (oligergasia, oligofrenia).
  • 4. Estrutura dos processos reativos nos distúrbios funcionais dos reguladores corticais.
  • 5. Estrutura dos processos reativos com lesão dos sistemas psicológicos superiores.
  • 6. A natureza das barreiras funcionais e a estrutura dos processos reativos.


Capítulo XII. 

O controle do comportamento.

  • 1. Problemas.
  • 2. Experimentos com controle direto. Problemas de estímulos e meios.
  • 3. Experimentos com “circunvention” [ver] do comportamento. O papel dos métodos externos.
  • 4. Experimentos com controle indireto: o papel da fala.
  • 5. Formas complexas de reações em circuito. 
  • 6. Experimentos com “circuiton” [ver] simbólico.

.