História da 

psicologia


História da psicologia 

- menu principal

Estudos sobre a história da

psicologia russa e soviética

2018


151 páginas 

em Inglês

Anton Iasnitski: “Vigotski: uma biografia intelectual”


Principais conteúdos



1. Profeta.

  • Os anos de Gomel’ (1996-1913).
  • Um judeu admitido na Universidade Imperial de Moscou.
  • Criticismo literário (1914-1916).
  • Beba Vigodskii: o “jovem profeta judeu”.
  • A revolução russa (1917-1918).
  • Lev Vigotski durante a revolução.
  • A Primeira Guerra Mundial (1914-1918) e seu <aftermath>
  • Na Gomel’ ucraniana em 1918.


2. Bolchevique.

  • Gomel’ durante a guerra civil russa.
  • O “fronte cultural”, marxismo e o “novo homem”
  • Lev Vigotski em Gomel’ em 1919-1921
  • Nova política econômica (NEP) e nascimento da União Soviética.
  • Vigotski como publicista, ativista político e crítico teatral (1922-1923).


3. Reflexologista.

  • Aulas e conferências de Vigotski.
  • Entrada de Vigotski na psicologia.
  • Teoria sobre os reflexos: métodos de pesquisa de Pavlov e Bekhterev.
  • Novo método de Vigotski: “estimulação dupla”.
  • Vigotski e a reflexologia.
  • Segundo Congresso de Psiconeurologia como um marco.


4. Psicólogo.

  • Aleksandr Luria: o alter ego de Vigotski.
  • Retorno de Vigotski a Moscow.
  • Praticamente marxista e a “nova ciência”
  • A variedade de “novas psicologias”
  • A viagem a Londres e suas repercuções.
  • Três livros de Vigotski.
  • Psicologia como uma ciência sobre o super-homem [sic.]
  • O círculo de Vigotski-Luria: pessoas e institutos.
  • “Psicologia instrumental”
  • Descobertas inesperadas: significado da palavra, diálogo e fala interior.
  • A saída dos anos 1920.


5. Revisionista.

  • Grande quebra de Stálin e a revolução cultural.
  • Vida e carreira de Vigotski na virada da década.
  • Nono congresso internacional de psicologia e seu impacto.
  • Em direção a uma nova teoria psicológica.
  • A demissão da “reatologia”.
  • Criticando Vigotski.
  • Vigotski critica… Vigotski.
  • Expedições à Ásia Central em 1931 e 1932.
  • Conclusão revisionista.


6. Holista.

  • O desafio da totalidade: psicologia holista da Gestalt.
  • A psicologia “galileana” de Kurt Lewin.
  • O círculo de Vigotski-Luria nos 1930.
  • Reconstrução teórica principal e nova experimentação.
  • “O limite [limiar] de uma nova teoria”: o final pessimista.


Epílogo. Gênio.


Linha do tempo dos eventos marcantes.


Glossário.


Bibliografia.


Referência: 

Yasnitsky, Anton (2018) Vygotsky: an intellectual biography. London; New York: Routledge. 151 páginas.